Ficou Interessado?

Blog

3 passos para aumentar a produtividade na Indústria Alimentícia

Por Juliana Nascimento – Analista de Marketing e Comunicação Procenge

Produtividade é um assunto cada vez mais presente no dia a dia de empresas de diversos segmentos de mercado. Na indústria de Alimentos, ela é palavra de ordem, pois tem relação direta com os resultados esperados.

Manter a produtividade na indústria sempre alta é um grande desafio. Para isso, os gestores se baseiam em indicadores que medem a eficácia dos seus times. Neste setor, horas trabalhadas, utilização da capacidade instalada e quantidade de itens produzidos são algumas métricas que guiam esta análise.

Mas vamos dar um passo para trás e questionar: o que faz com que a equipe seja produtiva ou improdutiva? Pensando em responder esta dúvida, estruturamos um mini-guia de 3 passos para potencializar os resultados da sua operação.

Comunicação entre as áreas

Comunicação nunca é demais e quando envolve processos ela se torna imprescindível. Essa troca entre diferentes times tem o objetivo de identificar o objetivo em comum e mostrar o quanto o trabalho de cada setor impacta no todo.

Mas é importante lembrar que essa comunicação não se resume apenas em reuniões e grupos dos WhatsApp. Integrar equipes com foco em produtividade inclui determinar metas e objetivos, investir em treinamentos, automatizar tarefas e valorizar a gestão do tempo, por exemplo.

Apenas com a colaboração efetiva entre os envolvidos é possível melhorar a produtividade e, consequentemente, fazer o negócio crescer.

Foco na Qualidade

Já parou para pensar que o setor de Qualidade da sua empresa é um verdadeiro celeiro de imputs para aumentar a produtividade? Isso acontece porque, com a revisão dos processos realizada de forma contínua e sistemática, eles se tornam mais eficazes, contribuindo significativamente para o resultado.

Além disso, através da Gestão da Qualidade na Indústria de Alimentos a empresa consegue identificar erros e oportunidades de melhoria que não só refletem na produtividade da indústria, como também na satisfação dos clientes. Isso é possível porque uma gestão eficaz reduz o turnover, deixa os processos mais fluidos e as equipes com uma maior sinergia.

Dessa forma, o monitoramento dos resultados tem impacto instantâneo na indústria de alimentos, colaborando também com o aumento da competitividade.

Apoio de Tecnologias

Ter uma comunicação e gestão da qualidade eficazes são dois grandes passos para aumentar a produtividade na indústria. Contudo, esses processos realizados de forma manual ou analógica podem causar o efeito oposto ao esperado, ou seja, ruído e lentidão.

A decisão de adotar novas tecnologias e automatizar as principais operações da empresa só traz benefícios. Um bom exemplo é sistema de gestão ERP, que consegue reunir diversos processos administrativos-financeiros em uma só plataforma.

A partir dele, os dados passam a ser centralizados em um mesmo ambiente, evitando o acúmulo de planilhas. Além disso, os modelos que permitem personalização, ganham destaque porque geram ainda mais valor para indústria.

O Pirâmide 360 da Procenge, por exemplo, permite customizações capazes de criar controles específicos para diversos processos da sua empresa, comumente não mapeados por um ERP tradicional.

Sobre a Procenge

Somos uma empresa de TI com mais de 45 anos de mercado e fazemos parte do Porto Digital. Desenvolvemos soluções de gestão empresarial personalizadas para empresas de médio e grande porte em todo o Brasil. Nosso objetivo é colaborar com nossos clientes para transformar seus negócios de forma inovadora, gerando resultados sustentáveis.

Nossa principal solução é o ERP Pirâmide 360, uma flexível plataforma de sistemas personalizados e integrados, capaz de atender as necessidades de transformação digital das empresas. Agende uma demonstração.