Ficou Interessado?

Blog

Esclareça as suas dúvidas a respeito da agricultura 4.0

O agronegócio evoluiu bastante nos últimos anos. Hoje, no campo, é possível visualizar máquinas autônomas, inteligência artificial e o uso de grandes volumes de dados (Big Data) para melhorar as decisões diárias. Tudo isso faz parte da chamada agricultura 4.0.

A agricultura 4.0 é uma referência à quarta revolução industrial (ou indústria 4.0), que se caracteriza pelo uso de softwares e de hardwares de ponta. Isso tem promovido uma série de vantagens ao mundo e ajudado a remodelar o trabalho no campo. Quer saber como?

Bom, neste post, tiramos as principais dúvidas sobre a agricultura 4.0. Então explicaremos os maiores desafios, as tecnologias usadas e como se adaptar. Continue atentamente a leitura!

Quais as principais tecnologias da agricultura 4.0?

A agricultura, hoje, é impactada por uma enorme quantidade de tecnologias. Todas elas, juntas, garantem um trabalho mais rápido, preciso e agradável. É possível sumarizar essas tecnologias em 4 principais, que são:

  • Robôs autônomos;
  • Internet das Coisas;
  • Big Data (uso de dados volumosos);
  • Computação na nuvem;
  • Sistemas integrados.

Quais os desafios à agricultura 4.0 aqui no Brasil?

Toda mudança, até as mais atraentes, envolve desafios que precisam ser superados. Mas na agricultura 4.0 não é uma exceção. O ponto é: à medida que você conhece os desafios, pode se programar para superá-los. Pontuamos alguns dos principais adiante:

  • dificuldade de acesso à internet nas áreas rurais;
  • cultura de trabalho manual e pesado (que precisa ser mudada aos poucos);
  • mão de obra pouco qualificada para o mercado 4.0;
  • falta de suporte especializado na aplicação das novas tecnologias.

Como se adaptar ao modelo de agricultura 4.0?

A adaptação à agricultura 4.0 é, na realidade, um processo contínuo. Por isso, é preciso investir na digitalização do trabalho no campo, tornando-o bem mais dependente de boas tecnologias e processos digitais. Para tanto, vale ficar atento aos seguintes pontos:

  • adote um software gerencial (ERP) pensado para o seu negócio;
  • crie uma cultura de melhoria contínua em direção ao que é digital;
  • tenha curiosidade para entender e aplicar novas tecnologias;
  • participe de mais feiras tecnológicas dedicadas ao agronegócio;
  • aprenda com os principais empreendimentos do seu segmento.

Quais benefícios estão ligados à agricultura 4.0?

Há uma enorme quantidade de benefícios ligados ao assunto, tantos quanto é possível imaginar. Em última análise, o uso de boas tecnologias pode tornar o seu negócio mais rentável e competitivo. Pontuamos outras vantagens nos tópicos seguintes:

  • aumenta a produtividade nas rotinas de trabalho;
  • gera precisão ao trabalho no campo e redução do número de erros;
  • otimiza o controle sobre as áreas de uso e de produção;
  • aumenta a qualidade do que é produzido;
  • promove economia com o aumento da escala de produção.

Veja, agora você está por dentro do assunto, sabe o que é agricultura 4.0, como ela pode ser usada e quais os seus principais benefícios. Tenha algo em mente: o campo está passando por um forte processo de modernização e somente as empresas mais ágeis conseguirão tirar proveito disso. Logo, não deixe de ampliar os seus conhecimentos e investimentos no assunto.

E aí, gostou do nosso artigo? Então, aproveite para aprender mais: saiba mais sobre quais tecnologias podem ser aplicadas ao agronegócio e como utilizá-las. Confira!